Ponto G Feminino

by - 20:56

O ponto G é uma área da vagina onde supostamente há uma grande concentração de terminações nervosas, logo, a mulher teria uma maior sensibilidade. O ponto G foi denominado assim em homenagem ao seu descobridor, um médico alemão chamado Grafenberg. Ainda há muita controvérsia sobre esse tema, e alguns médicos garantem que este não existe. Da nossa parte afirmamos, existe. E tentaremos passar o caminho das pedras para que você mesmo o ache, caso não já tenha feito.

Existem muitas pessoas que dizem que o ponto G está a uma certa distância dentro do canal vaginal, isso não faz sentido uma vez que o comprimento do canal varia. É igual a falar que a metade do pênis fica a 60mm da base, isso só é verdade se o pênis tiver 120mm de comprimento.

A forma mais adequada para se achar o ponto G, é introduzir o dedo na vagina até tocar o colo do útero, ao fazer isso, meça mentalmente o comprimento do canal e coloque o dedo no meio. Alguns dizem que este lugar é mais rugoso que o resto, a experiência mostrou que de início não é possível identificá-lo desta forma. À medida que você vai massageando e excitando o ponto, aí sim ele fica mais áspero. Por várias vezes foi notado o surgimento de uma linha, provavelmente um músculo que se contrai, essa linha é o ponto de maior excitação para a mulher, abuse de brincar ali, o resultado vai ser electrizante.

O Ponto de G não é uma tecla mágica, mas é, uma área que algumas mulheres gostam de estimular. As etapas seguintes são escritas para própria exploração, mas podem ser modificadas para o uso com um companheiro.

Relaxe. Isto deve ser divertimento, não uma missão orientada a um objectivo. Use um lubrificante que você gosta.




Masturbe-se da sua maneira usual até que você sentir despertada. Introduza um ou dois dedos no vagina, dobre-os para cima em direcção para a barriga (12 horas da posição se você se estiver encontrando em sua parte traseira).

Pressione firmemente de encontro ao telhado da vagina aproximadamente um terço da mesma. Você deve sentir uma protuberância pequena que aumente no tamanho com a estimulação continuada.



Começo lento: introduza seus dedos delicadamente e use movimentos macios, delicados no início. Quando você sente a área do Ponto G se tornar ampliada, use mais pressão.

Recorde manter-se atenta a outras partes do seu corpo: seus peitos, seu clitóris... o que quer que sente bem.

Enquanto seu corpo começa a responder positivamente e você começa o prazer do sentimento, use mais pressão e movimentos mais rápidos.

Enquanto você continua a estimular o Ponto G, você pode sentir sua vagina cerrar, o sinal que o orgasmo é iminente.

Aplique mais pressão à esponja uretral, afagando e manipulando a área em torno da abertura uretral. Você pode sentir o impulso para urinar. Não o lute! Você pode estar pronto para ejacular. Relaxe, confíe em seu corpo e em seu companheiro e veja o que acontece.



O ponto G, diferentemente do clitóris, é um local onde você deve usar uma certa dose de força para excitá-lo. Abaixo há algumas formas para você tocá-lo: 
- Vibre um dedo no sentido horizontal, paralelo ao ponto G, bem rapidamente, vibre como se o seu dedo fosse um vibrador, quanto mais rápido melhor, tome cuidado para não esbarrar com a unha, se não o tecido do canal vai ser lesionado;

- Faça força na vertical, mais ou menos como se você quisesse espremer uma uva. Use uma certa dose de força;


- Massagear em movimentos circulares;


- Massagear em forma de oito;

- Movimente o dedo para frente e para trás;

- Algumas estocadas fortes, como se o seu dedo fosse um pênis também é muito bom;

- Usar dois dedos, ou mais se for o caso. 

- Tente encostar a língua no Ponto G. Use as duas mão para abrir com cuidado a vagina e enfie a língua lá dentro com toda a força;

- Também há a massagem em forma de V;

- E por fim, faça uma massagem caótica , misture tudo e veja se dá certo também, as vezes funciona;

- A mão que não estiver dentro da vagina tem que ficar ativa também, use-a para acariciar o resto do corpo da menina: pernas, peito, mãos, braços, rabo e onde vocês gostarem.

- Combine a excitação vaginal com uma linguinha no clitóris, isso dá uma mistura explosiva, e se ela não te achar o mais gostoso do mundo, pelo menos entre os top 10 você fica.

- Melhor posição para este evento é a posição ginecológica, ou, galinha assada. O acesso a vulva fica fácil, e o ponto G não fica tão escondido, como nas outras.

- É possível que depois de uma grande dose de adrenalina a moça venha a ter uma ejaculação, isso é um fenómeno relativamente raro, mas que pode acontecer neste caso. 

You May Also Like

0 comentários