Como pode a penetração dar mais prazer à mulher?

by - 14:01

Durante a penetração vaginal, o parceiro, pode diversificar um pouco o movimento de vai e vem vaginal, tornando muito mais excitante para a mulher, como, por exemplo:

Penetrações curtas - em que o pénis não entra até ao fundo da vagina, apenas a cerca de 4 ou 5 cm da entrada da vagina, fazendo movimentos curtos de vai e vem, que estimulam a zona vaginal que mais prazer dá à mulher. Este tipo de penetração curta pode ser feita em qualquer posição, embora na posição lateral ou na posição em que a mulher fica de quatro sobre os joelhos pode ser mais estimulante;



Penetrações longas e profundas - neste caso o pénis quando entra na vagina vai até ao fundo, e depois vai devagar até à borda da vagina, sem chegar a sair, entrando de novo e devagar até ao fundo. Este tipo de penetração profunda é bastante excitante para os dois, embora desadequado quando um homem tem ejaculações rápidas;


Penetrações profundas, mas curtas - o pénis é introduzido na vagina até ao fundo, e faz movimentos de vai e vem muito curtos, não mais de 2 ou 3 cm, como se estivesse a "coçar" o fundo da vagina. Para alguns homens este movimento pode não ser tão excitante, mas para a mulher que sente o osso púbico masculino a dar pequenas pancadinhas no seu clitóris pode ser bastante prazenteiro. Para o homem que tem dificuldade no controlo orgásmico, ou que está próximo de o atingir, este movimento curto e profundo pode ajudá-lo a conter-se;


Movimentos circulares - a penetração faz-se lentamente até ao fundo da vagina, e ao mesmo tempo a mulher vai fazendo movimentos de rotação como se estivesse a esfregar-se no pénis, fazendo com que o osso pélvico masculino roce o seu clítoris;

"Viver o sexo com prazer - Marta Crawford"

You May Also Like

0 comentários