Dezembro 2015 - Desire

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Sexo Oral
15:111 Comments
O ato do sexo oral é uma coisa extremamente intima e confiante em que a pessoa se abre invariavelmente ao seu parceiro, permitindo que este aceda aos seus lugares mais sensíveis e privados. Se pensarmos nisso de uma maneira subjectiva, na verdade, é um ritual bastante bizarro. Lamber, chupar e saborear o parceiro ao mesmo tempo que lhe damos prazer é uma experiência bastante emocional que requer uma grande entrega, não apenas ao parceiro mas também à tarefa que se tem em mãos.

Muitas pessoas pensam no sexo oral com um prelúdio à penetração. Na verdade, é um ato separado. As técnicas usadas para o sexo oral explosivo são extremamente diferentes das do sexo penetrativo. Se conseguir refinar a arte, poderá chegar a uma melhor compreensão das preferências sexuais do seu parceiro. É uma jornada excitante de exploração dos pontos mais sensíveis dele - uma jornada que é igualmente, se não mais, excitante para ele.

Para muitas pessoas, a diferença entre ser um amante mediano e um amante excepcional reside aqui. Uma felação e um cunnilingus hábeis são merecedores de um bom prémio. Não existe nada mais sensual e agradável do que ficar deitado e ser estimulado oralmente por um génio do genital.

Não poderá esquecer que os gostos - literal e metaforicamente falando - diferem imenso neste campo. Aquilo que pode ser uma óptima técnica de sexo oral para um individuo pode ser totalmente inapropriado para outro. Para se ser um bom aficionado do sexo oral, o segredo é o sentido do tempo, saber ouvir e responder. Também aqui, tem tudo a ver com comunicação. O sexo oral precisa de tempo e deve ser feito por vezes sem a ideia de penetração em mente. Ouça os gemidos do seu parceiro e sinta os movimentos do seu corpo para ver o que melhor funciona com ele ou o que não funciona de todo. Reaja de acordo com isso e então continue a fazer o que estava a fazer.


Mostre ao parceiro que também está a gostar. O sexo oral não é uma coisa que se faz a outra pessoa, está a participar e a partilhar a actividade e a sentir prazer na intimidade, nos efeitos que está a ter e na experiência no seu todo (se não estiver, então talvez não deva fazê-lo). Algumas pessoas preocupam-se porque o parceiro activo no sexo oral não tem quota parte de prazer. O prazer sexual e o orgasmo não são como o balanço de um banco - ninguém tem de ter crédito o tempo todo.
Reading Time:

sábado, 19 de dezembro de 2015

Oferecer presentes
23:130 Comments
Oferecerem prendas de cariz sexual um ao outro é uma maneira fantástica  de despertarem novamente a sexualidade de ambos. Toda a gente adora receber e dar presentes, especialmente se forem espontâneos.

Os homens podem oferecer às parceiras uma lingerie sexy. É importante comprar algo susceptível de lhes agradar a elas - em caso de dúvida peça ajuda na loja. Além disso, também é importante saber oferecer na altura certa. Se ele oferece alguma coisa porque secretamente deseja que ela pareça mais sensual ou porque acha que a vida sexual entre ambos perdeu o sabor e pretende animá-la um pouco, ela poderá sentir-se "picada" e ofendida ou magoada. Uma melhor abordagem da parte deles seria discutir com ela antecipadamente a possibilidade de animar as coisas, dizendo coisas do género: "Eu gostaria imenso de passar mais tempo contigo a fazer amor, talvez pudéssemos experimentar coisas novas juntos." Então ela estará mais preparada para a nova prenda e é provável que a receba melhor.

Prenda mais ousada como dildos, vibradores e outros brinquedos eróticos também devem ser tratados com sensibilidade. Se um casal entrou numa rotina de sexo e um dos parceiros entrega um vibrador ao outro, pode ser um choque para este ultimo, independentemente das boas intenções. Também aqui é importante chegar à conclusão, conversando, de que ambos querem experimentar coisas novas - aqui não há espaço para ações unilaterais.




Reading Time:

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Falar de sexo
13:441 Comments
Por alguma razão, muitas vezes os casais consideram realmente difícil falar de sexo, não importa há quanto tempo estejam juntos. Uma das razões para isso poderá ser que, apesar do sexo ser algo que fazem juntos, muitas vezes a experiência é bastante pessoal. Durante o orgasmo, por exemplo, os indivíduos desaparecem temporariamente para o interior do seu mundo de prazer, e até mesmo a construção do orgasmo requer um elemento de concentração pessoal.

Outra razão pela qual os casais poderão achar difícil falar de sexo é o medo de poderem perturbar ou ofender o parceiro dizendo-lhe o que preferem e, o que é mais importante, aquilo de que não gostam. Isso é especialmente verdade para casais com relações duradouras que podem passar anos e anos a fazerem as coisas de uma maneira especifica sem obterem necessariamente grande satisfação.

O mais importante é não esquecer que quando as pessoas se amam, a necessidade de satisfazer e dar prazer sexual ao outro é fundamental. Tudo o que é preciso fazer é abordar o assunto de forma sensível, evitando a critica direta. Uma boa técnica é usar o método de pergunta e resposta. Quando estiverem juntos na cama, experimente redescobrir zonas de sensualidade no corpo do seu par perguntando-lhe coisas do género: "Posso tocar-te aqui?" ou "Posso fazer-te uma caricia aqui?" O receptor deve evitar responder com respostas negativas do género: "Não, isso é horrível", prefira dizer,  "Isso é bom, mas se fizesses assim seria ainda melhor."


Uma situação é quando o seu par lhe faz alguma coisa que você realmente detesta, mas sente alguma insegurança em lidar com o assunto por receio de o magoar. Tente uma abordagem positiva dizendo coisas como: "Eu gosto quando fazes isso mas prefiro quando fazes assim", ou "Eu adoro-te fazer felação e gosto do teu sabor, mas acho desconfortável quando entras muito na minha boca, talvez pudéssemos experimentar uma posição diferente".
Reading Time:

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Engolir ou não engolir
22:421 Comments
Os prós e os contras de engolir o sémen pertencem a cada mulher em particular. Algumas mulheres não gostam dessa ideia, outras nem sequer considerariam a hipótese de cuspir e encaram o facto de engolir como o grande final. As preferências dos homens variam do mesmo modo.

Saber quando é que um homem está prestes a ejacular pode ser uma coisa bastante dificil. Os aspectos a observar - à parte do óbvio anúncio das vocalizações produzidas - são a tensão muscular e o ritmo aumentado da respiração. A expressão facial dele, se a conseguir ver, também pode ser um sinal.

Se não quiser engolir o sémen, pode retirar-se e terminar a tarefa com a mão ou então poderá cuspir, discretamente para evitar que se perca o clima. Outra alternativa é pedir-lhe para ejacular nos seus seios, que é conhecido como colar de pérolas, ou no rosto.

Afinal de contas, o sémen é muito bom para a pele.

Para demonstrar o acima descrito, aqui estão uns vídeos que de exemplo para os dois casos:

Engolindo o sémen:


Se preferir não engolir, um dos muitos exemplos do que poderá fazer:

Reading Time:

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Vagina... Afinal o que será?
22:11 2 Comments
Vagina em latim significa bainha. Fiel ao seu nome, a principal função da vagina é ajustar-se confortavelmente em redor do pénis, facilitando a passagem segura do esperma para o seu destino final. 

O canal vaginal mede entre 7,5 a 10 cm de comprimento, embora possa ser ligeiramente maior em mulheres que já tiveram filhos. O tecido muscular no interior da vagina permite a sua expansão e contracção, pois tem de poder abrir-se o suficiente para deixar passar a cabeça de um bebé.

Durante a estimulação sexual, as paredes da vagina distendem-se e contraem o pénis durante o orgasmo. Investigadores americanos descobriram que as paredes vaginais são responsáveis pela secreção dos fluídos que são libertados durante a excitação. Estes lubrificam os movimentos do ato sexual, minimizando a fricção, que pode ser dolorosa. 

Algumas mulheres segregam mais fluídos do que outras e algumas atingem o clímax com a mesma ferocidade liquida que os homens.
Reading Time:

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Como estimular os seios
22:27 2 Comments

Os seios são uma das zonas erógenas femininas mais poderosas e sem dúvida que este detalhe é algo que os homens tem bem claro, porque o fato de vê-los e acariciá-los proporciona-lhe uma enorme excitação, no entanto nem sempre seguem o caminho mais indicado e muitas mulheres não conhecem todo o prazer que podem receber com uma técnica correta. Por isso siga algumas dicas:

1 ) Os seios concentram uma enorme quantidade de terminações nervosas, que são iguais em todas as mulheres, no entanto cada uma apresenta diferentes níveis de sensibilidade perante o estímulo, isto deve-se a diversos fatores, como o tamanho e forma, mas apesar disso é difícil que uma mulher permaneça indiferente perante um bom contato ou beijo nessa zona;

2) Para estimular esta zona erógena deve ter sempre em mente a sua sensibilidade, por isso faça-o sempre com cuidado e delicadeza ou poderá magoar desnecessariamente a sua parceira;

3) Estimular os seios produz um elevado grau de excitação para ambos, no caso delas a vulva lubrifica-se graças ao prazer recebido, o que converte este truque num grande aliado na hora de conseguir grandes orgasmos;

4) Enquanto se beijam, nesse delicioso caminho de preliminares que conduzem à penetração, acaricie suavemente os seus seios, tente fazê-lo com as mão quentes ou mornas para que ela sinta todo o seu calor, utilize movimentos circulares suaves, tanto no seio por completo como também no mamilo; 

5) Não interessa que o ritmo seja frenético e de total excitação, quando chegar aos seios deve ser lentamente, tente acariciá-los lentamente com a sua língua por um todo e depois concentre-se na zona do mamilo, lambendo e beijando suavemente. Enquanto faz isso com um pode acariciar o outro, alterne entre ambos os seios e estimule também o clitóris com as suas mãos;

6) Delicadamente pode chupar e morder o mamilo de uma forma suave, isto irá dar um grande prazer à sua parceira;

7) Beije e lamba o seio por completo, não só na área do mamilo, esta é também uma boa forma de estimula-los. Além disso é importante lembrar que o estímulo é bem vindo antes e durante o sexo, já que algumas posições sexuais permitem que o homem os acaricie, o que aumentará a excitação garantindo orgasmos mais potentes.
Reading Time:

domingo, 6 de dezembro de 2015

Seesaw
22:21 2 Comments


Nesta posição o homem senta-se e reclina-se para trás, enquanto a sua parceira senta-se em cima do pénis, reclinando-se para trás apoiando o seu peso nos seus braços. O homem empurra para cima e para a frente e a sua parceira faz impulsos para baixo e para trás. O trabalho em "equipa" resultará em grande sensação de prazer
Reading Time: