Sexo Oral

by - 15:11

O ato do sexo oral é uma coisa extremamente intima e confiante em que a pessoa se abre invariavelmente ao seu parceiro, permitindo que este aceda aos seus lugares mais sensíveis e privados. Se pensarmos nisso de uma maneira subjectiva, na verdade, é um ritual bastante bizarro. Lamber, chupar e saborear o parceiro ao mesmo tempo que lhe damos prazer é uma experiência bastante emocional que requer uma grande entrega, não apenas ao parceiro mas também à tarefa que se tem em mãos.

Muitas pessoas pensam no sexo oral com um prelúdio à penetração. Na verdade, é um ato separado. As técnicas usadas para o sexo oral explosivo são extremamente diferentes das do sexo penetrativo. Se conseguir refinar a arte, poderá chegar a uma melhor compreensão das preferências sexuais do seu parceiro. É uma jornada excitante de exploração dos pontos mais sensíveis dele - uma jornada que é igualmente, se não mais, excitante para ele.

Para muitas pessoas, a diferença entre ser um amante mediano e um amante excepcional reside aqui. Uma felação e um cunnilingus hábeis são merecedores de um bom prémio. Não existe nada mais sensual e agradável do que ficar deitado e ser estimulado oralmente por um génio do genital.

Não poderá esquecer que os gostos - literal e metaforicamente falando - diferem imenso neste campo. Aquilo que pode ser uma óptima técnica de sexo oral para um individuo pode ser totalmente inapropriado para outro. Para se ser um bom aficionado do sexo oral, o segredo é o sentido do tempo, saber ouvir e responder. Também aqui, tem tudo a ver com comunicação. O sexo oral precisa de tempo e deve ser feito por vezes sem a ideia de penetração em mente. Ouça os gemidos do seu parceiro e sinta os movimentos do seu corpo para ver o que melhor funciona com ele ou o que não funciona de todo. Reaja de acordo com isso e então continue a fazer o que estava a fazer.


Mostre ao parceiro que também está a gostar. O sexo oral não é uma coisa que se faz a outra pessoa, está a participar e a partilhar a actividade e a sentir prazer na intimidade, nos efeitos que está a ter e na experiência no seu todo (se não estiver, então talvez não deva fazê-lo). Algumas pessoas preocupam-se porque o parceiro activo no sexo oral não tem quota parte de prazer. O prazer sexual e o orgasmo não são como o balanço de um banco - ninguém tem de ter crédito o tempo todo.

You May Also Like

1 comentários