Fevereiro 2016 - Desire

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

8 alimentos que aumentam lubrificação vaginal
21:521 Comments

Confira alguns alimentos que além de aumentar a circulação sanguínea, alteram a libido, produzindo mais hormônios sexuais e ajudando na lubrificação vaginal. Não perca tempo e invista nisso: 

Leites e queijos: além de liberar serotonina e causar bem-estar, o consumo de leite e derivados traz muito cálcio para o organismo, que enrijece os músculos e favorece o orgasmo.

Banana: Por ser rica em magnésio, aumenta a vasodilatação e com apenas duas por dia, é garantido que a lubrificação aumente.

Chocolate: além de dar sensação de prazer, se consumido em pouca quantidade – de preferência na versão meio-amargo, a lubrificação aumenta por ser um estimulante para o organismo.

Frutos do mar: frutos do mar em geral têm muito zinco, responsável pela produção de secreções para o organismo, entre elas a lubrificação feminina.

Alho: aumenta o fluxo sanguíneo por conta do aumento da circulação. Além de prolongar a ereção masculina, também aumenta a lubrificação da mulher.

Nozes e castanhas: qualquer tipo de nozes, castanhas ou amêndoas são ricas em vitamina B3, que aumenta a libido e estimula a lubrificação vaginal.
Reading Time:

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Close up's... Afinal o que será?
21:51 2 Comments
Close-up, ou simplesmente close, é um tipo de plano, caracterizado pelo seu enquadramento fechado, mostrando apenas uma parte do objeto ou assunto filmado. Pode ser obtido por uma grande aproximação da câmara em relação ao objeto ou personagem, ou pelo uso de uma objectiva com pequeno ângulo de abertura.





Reading Time:

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Fingering... Afinal o que será?
19:000 Comments
Fingering, é a estimulação manual (genital) dos clitóris ou outras partes da vulva, da vagina ou do ânus, com a finalidade de obter excitação sexual. Pode fazer parte da totalidade da relação sexual ou poderá ser parte, através de masturbação mutua, nos preliminares ou outras atividades sexuais. É o análogo da estimulação manual do pénis. Estas atividades sexuais podem proporcionar um grande prazer sexual, podendo ser praticado com e sem penetração na relação sexual

Fora da Vagina

A massagem da vulva e em particular, o clitóris, é a segunda forma mais comum para uma mulher para alcançar um orgasmo. A glande do clitóris pode ser massajada, geralmente através da pele do capuz do clitóris, usando o movimento sobe e desce, lado-a-lado ou movimentos circulares. O resto dos orgãos genitais também podem ser estimulados por Fingering

Dentro da vagina

O Fingering no interior da vagina é muitas vezes realizado com o objetivo da estimulação do ponto-G. O ponto G é declaradamente a cerca de 5cm na parede anterior da vagina, para a frente em direção ao umbigo. É descrito como sendo reconhecido pelos seus cumes e textura ligeiramente mais áspero em comparação com os existentes nas paredes da cavidade vaginal. Massajando este local, e, com efeito, poderá levar à ejaculação feminina. 

Masturbação Anal

A prática pode ser agradável por causa do grande número de terminações nervosas na área anal. Recomenda-se a descontracção dos músculos do esfínter durante a inserção do dedo e uma boa qualidade de lubrificante para assim aumentar a sensação prazerosa da inserção. Algumas pessoas preferem simplesmente estimular o anel externo do ânus, enquanto outros vão seguir esta através da inserção de um ou mais dedos. A masturbação anal pode ser vista como um ato em si mesmo, ou como uma preparação excitante para o sexo anal. Esta pode despertar o receptor, permitindo relaxar o seu anus para a posterior inserção do pénis. O Fingering anal é também uma forma eficaz de estimular a próstata nos homens, de forma a estes terem orgasmos mais intensos.
Reading Time:

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Como estimular os mamilos dela nos preliminares
22:101 Comments
Dar mordidas leves

Peça para que ele dê leves mordidas em todo o seu seio e os mamilos devem ser estimulados por último, quando ela estiver com a excitação lá nas alturas.

Dar lambidas nas laterais

A área é geralmente esquecida pelos homens. Lá, ele pode dar beijos - aqueles com a boca aberta - em toda essa região antes de partir para estímulos em outros lugares do seu corpo. 

Balançá-lo

Existe mulheres que sentem com o balanço dos seios durante a penetração - principalmente quando ela está por cima. Por isso, se ela for uma delas, nas preliminares ele pode jogá-los para a cima e para baixo enquanto beija outras regiões do seu corpo.
  
Fazer movimentos circulares nos mamilos

Pode ser com os dedos ou com a língua, o importante é que o gato dedique um bom tempo a região. Ele pode fazer isso, por exemplo, enquanto a penetra com os dedos.
  
Chupar os mamilos

Isso é o que os homens mais gostam de fazer quando o assunto é estimular os seios, mas cada mulher tem um gosto e uma preferência quando se fala em pressão, força e tempo que ele fica por lá. Nessas horas, a melhor pedida é a sua companheira guia-lo sobre o que acha melhor e o que prefere que ele não faça.
  

Apertar os mamilos

Existe mulheres que gostam e outras que não, mas se ele deve um leve aperto, passando o polegar levemente sobre os mamilos enquanto coloca pressão nas mamas pode ser bem prazeroso. 

Usar um simples chupa-chupa

Já que vamos gastar muitas calorias durante o sexo, podem levar um docinho para a cama sem medo. Ela poderá colocar um chupa-chupa na boca até que fique húmido. Depois passa o mesmo nos seios e pede a ele que faça o trabalho "chato" de limpar toda a região com a língua. 

Estimular com uma pedra de gelo

A mudança de temperatura - tanto para o quente quanto para o frio - pode ser um ótimo estimulo para os seios. Ele deverá passar a pedra de gelo nos mamilos e soprar depois. O hálito quente na pele fria dará a ela uma sensação incrível!
Reading Time:

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Cunnilingus - Guia completo de sexo oral para ela
22:08 2 Comments
A grande questão da estimulação oral para as mulheres é o que provoca espasmos de medo nos homens. O modo como as mulheres desejam ser estimuladas é tão individual que é preciso muito tempo de comunicação para acertar as coisas. É dificil calcular exactamente como estimular o clitoris sem a ajuda da sua parceira e mesmo assim pode ser dificil, já que muitas mulheres sabem como se estimular a si mesmas mas muitas vezes acham dificil explicar e ensinar como fazem. À medida que a vossa relação vai evoluindo e começam a perceber o corpo um do outro, o cunnilingus torna-se melhor e mais fácil, afinal, a prática faz o mestre.

Por onde começar

O cunnilingus, à semelhança da felação, é um ato que leva tempo a desempenhar. Tenha em mente que irá gastar algum tempo a fazê-lo e veja se estão ambos confortáveis. As melhores posições são aquelas em que ambos os corpos se encontram na mesma direcção, mas desde que a sua língua consiga alcançar a vagina dela, qualquer posição poderá servir.

Comece por beijar e chupar em redor da vulva, deleitando-se com tudo, excluindo o clitóris. O clitóris é altamente sensível e precisa de muitos preliminares antes de ser tocado. A abordagem directa pode causar algum desconforto e, por vezes, até mesmo dor. Afaste suavemente os grandes lábios da sua parceira com os dedos para beijar e chupar os pequenos lábios da mesma maneira que faria se a beijasse apaixonadamente na boca. Quando vir que ela começa a reagir, deslize a língua entre as pregas dos pequenos lábios. Se a reação dela for um movimento brusco ou se ela se afastar de si, espere um pouco, concentrando-se entretanto nas partes mais externas e massajando-lhe a púbis com a mão.


Quando ela estiver suficientemente relaxada e excitada, pode expor o clítoris, afastando o prepúcio. Poderá ajudar se afastar os lábios com as duas mãos para esticar a pele. Esta área, densamente povoada de terminações nervosas, é extremamente sensível e uma abordagem alternada de língua mole/língua dura costuma funcionar melhor. Experimente estimular o clítoris primeiro com a língua relaxada e macia, e se ela começar a aproximar-se de si, poderá aumentar a pressão retesando os músculos da língua. Não se esqueça de manter a língua bem lubrificada com saliva.

O modo de estimular o clítoris é muito próprio de cada mulher. Algumas gostam de uma sução suave ou de uma ação de caricia, enquanto outras preferem uma ação mais firme e incisiva, sobre o clítoris ou dos lados.

Se o clítoris aumentar de volume, é porque ela gosta do que lhe está a fazer, se diminuir, então pare. No entanto, lembre-se que mesmo antes do orgasmo, muitas vezes o clitóris retrai-se e quase desaparece, por isso é importante ter em conta os outros sinais que ela lhe vai dando.

Apimentar um pouco as coisas

Do mesmo modo que no caso da felação, beber bebidas quentes e frias antes do sexo oral pode provocar diferentes sensações na sua parceira, mas nunca se esqueça que o clitóris é hipersensível e poderá não reagir muito bem a extremos. Ocasionalmente, pode ficar irritado, o que certamente irá arrefecer um pouco as coisas.

A inclusão de um vibrador poderá apimentar a experiência. Coloque-o por baixo da língua, de modo que as vibrações sejam transmitidas através de si.

Se quiser prolongar a brincadeira, leve-a quase ao orgasmo e depois pare durante cerca de meio minuto, continue e depois pare durante menos tempo, e por aí adiante. Algumas mulheres poderão não apreciar isto, por isso será melhor discutir o assunto primeiro.

Mantenha o ritmo

Mesmo antes de a sua parceira ter um orgasmo, não mude nada. Seja o que for que lhe está a fazer é porque funciona. Por isso agarre-se bem e prepare-se para o tsunami. Quando ela chega ao orgasmo não é preciso parar, a não ser que ela lhe peça, mas continue o que estava a fazer de forma mais ligeira e não se concentre tanto no clitóris. A estimulação continuada pode aumentar a intensidade do orgasmo e algumas mulheres falam mesmo de orgasmos múltiplos com sexo oral bem feito.

Lamber o clitóris

Imagine que traça pequenos círculos por cima e em redor do clitóris com a língua. Os círculos mais pequenos irão concentrar-se na ponta e os maiores na base. Alterne a velocidade e a direção dos círculos, já que algumas mulheres reagem melhor se os círculos rodarem numa direção especifica.

Trace figuras em forma de oito sobre o clitóris com a língua. Esta poderá ser uma estimulação demasiado intensa para algumas mulheres, mas para outras uma maravilha. Experimente diferentes velocidades e frequências.

Use a língua para dar pancadinhas leves de cima e para baixo no clitóris com uma curta pausa entre cada uma, ou da esquerda para a direita, apontado para a base do clitóris. Varie a pressão bem como a frequência.

A ponte

Lembre-se de fazer a ponte nas aulas de ginástica, quando erguia o corpo arqueado, sustentando o seu peso apenas nos pés e nas mãos? Bem, esta é uma variação para os amantes mais ágeis. Ele senta-se e a mulher coloca-se de frente para ele com os joelhos dobrados sobre os ombros dele e a cabeça entre os joelhos ou as pernas dele. Então ela arqueia as costas e usa as mãos para se apoiar, elevando os genitais para o rosto dele.

À beira da cama

Ela deita-se na cama, de barriga ou de costas, com as nádegas sobre a beira da cama. Ele ajoelha-se no chão entre as pernas dela e coloca as mãos por baixo das nádegas dela ou da pélvis para suportar o seu peso. Ela coloca as pernas sobre os ombros dele e ele ergue-a ou baixa-a com as mãos.






O triângulo

Ela coloca-se de barriga para baixo na cama ou no chão com as nádegas erguidas e as pernas esticadas e afastadas, formando um triângulo. Ele senta-se de modo que a parte superior das coxas dela fica apoiada nos seus ombros com as pernas estendidas de cada lado da cabeça dele.

Sentada

O homem deita-se de costas e a mulher agacha-se ou ajoelha-se sobre o rosto dele, virada para qualquer um dos lados. Isto é optimo para a mulher pois pode controlar a pressão baixando-se ou afastando-se, mas cuidado para não o sufocar nos estertores de paixão




Video exemplificativo


Reading Time: